Mediunidade- Um Mergulho no Mundo Oculto dos Terreiros - Vicente Paulo de Deus e Mário Azevedo

Mediunidade- Um Mergulho no Mundo Oculto dos Terreiros - Vicente Paulo de Deus e Mário Azevedo

6 10 99
Mediunidade- Um Mergulho no Mundo Oculto dos Terreiros - Vicente Paulo de Deus e Mário Azevedo 10 6 99
Resenha:  Mediunidade- Um Mergulho no Mundo Oculto dos Terreiros é um livro de Vicente Paulo de Deus ditado pelo espírito Mário Azevedo, com  prefácio de Rubens Saraceni. Nesta obra, o leitor irá encontrar uma narrativa em forma de romance mostrando um pouco do que acontece na contraparte astral de um terreiro de Umbanda.

Mário foi médium de Umbanda e desencarnou em um acidente de carro. Veio a despertar no cemitério (calunga pequena) após 3 meses de seu desencarne. Conta-nos que estava "apavorado" e passou a gritar por socorro, quando veio em seu auxílio o Caboclo Sete Flechas, seu mentor espiritual, levando até ele os esclarecimentos necessários. A entidade o encaminhou para sua casa e depois para o terreiro onde trabalhava, deixando-o sob os cuidados do guardião Senhor das Sete Porteiras. Iniciava aí a vida de Mário no plano espiritual.
Ele me explicou que por eu ter sido um médium íntegro, sofri pouco nos umbrais da minha consciência e pude por isso contar com a proteção deles. (...) O Caboclo Sete Flechas deixou-me bem claro que, quanto mais íntegros, mais leves nos tornamos e podemos assim subir mais alto; ao contrário, quanto mais pesados, mais nos afundamos nos umbrais.(pg 26)
Mário passa a participar das giras no terreiro do "Seu Mauro" ( Choupana do Caboclo Meia-Lua) e a conviver com os trabalhadores desencarnados dessa Casa. Assim, vai dividindo conosco suas impressões e aprendizados, dentro, claro, do que foi permitido.
Durante esses trabalhos, algo do lado espiritual me chamou a atenção. À medida que Seu Mauro cantava pontos e fazia preces, as formas mentais por ele criadas eram armazenadas em forma de bolhas (..) essas bolhas serviriam de alimento fluídico. (pgs 27 e 28)
A equipe espiritual dessa Casa se envolve em um grande e importante trabalho de desobsessão, sob o comando do Sr Exu Ganga. Marcelo é dirigente de um outro terreiro e está desvirtuando sua mediunidade, cobrando por "trabalhos feitos" e passando a ser escravo de espíritos trevosos.
O jovem Marcelo, mesmo antes de encarnar, já tinha um ser das trevas a observá-lo; quando encarnou, esse espírito com quem ele teve um profundo contato em outra vida deu um jeito de saber onde ele estava. O tempo passou, e esse Mago Negro que o seguia foi coagido e preso por outro ser das trevas que se intitulou Exu do Lodo. (pag 62)
Marcelo continuava sendo observado por seus verdadeiros guias, entretanto, como se embrenhava mais e mais com as trevas, as entidades da Luz nada podiam fazer a não ser aguardar o momento certo de agirem, respeitando o livre-arbítrio do invigilante médium.

E assim segue uma grande batalha espiritual, até a prisão e encaminhamento de todos os envolvidos. E o Mago Negro que se intitulava Exu do Lodo passa a ser mais um trabalhador da seara umbandista.


Ficha Técnica:
Médium: Vicente Paulo de Deus
Espírito: Mário Azevedo
Páginas: 122

Comentário: Reportando histórias do mundo espiritual, o irmão Mário fornece diversas informações relevantes sobre o dia-a-dia de um terreiro. Fala sobre as Leis de Pemba e de  Lei de Salva; descreve ataques espirituais ao terreiro, a médiuns e familiares dos integrantes da corrente; demonstra o árduo e imprescindível  trabalho dos Exus de Lei e reforça a importância da vigilância constante e do estudo. Gostei muito do livro, pois ainda é raro encontramos obras umbandistas neste formato. O livro é fininho, mas com um conteúdo super interessante; tem boa diagramação, com letras confortáveis.

Adquiri este livro no site Terra Mystica.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top