Força para recomeçar - Eliana Machado Coelho e Shellida

Força para recomeçar - Eliana Machado Coelho e Shellida

6 10 99
Força para recomeçar - Eliana Machado Coelho e Shellida 10 6 99
Este romance espírita foi lançado em 2008 e é de autoria do espírito Shellida, através da mediunidade de Eliana Machado Coelho.

Débora e Sérgio se conhecem "acidentalmente" e entre eles nasce um grande amor, entretanto os inimigos de outras vidas farão de tudo para separar o casal comprometendo o plano reencarnatório de ambos.

Trata-se de uma obra bastante completa do ponto de vista doutrinário. Possui  658 páginas, repletas de ensinamentos espiritualistas, onde podemos perceber a atuação dos espíritos trevosos sobre nossos pensamentos e ações, bem como o esforço dos espíritos amigos em nos colocar no caminho traçado antes da reencarnação.

Foi um dos mais lindos romances espíritas que já li. Traz as explicações necessárias para compreendermos os motivos dos sofrimentos dos personagens principais, baseando-se nas Leis da Reencarnação e da Causa e Efeito. Além das questões doutrinárias, já que Sérgio é psicólogo, encontramos orientações muito interessantes sobre o papel da psicologia em nossas vidas.

Considero uma obra obrigatória aos estudiosos tanto da Doutrina Espírita quanto de qualquer outra doutrina espiritualista.

Trecho:

Conversa entre Sérgio e o psiquiatra Edison sobre o protestantismo.

— Concordo com você, Sérgio. A religião foi transformada em instituição
lucrativa. Hoje qualquer portinha serve como templo evangélico. Chegam a
intitular nomes pitorescos como: Religião de Deus; Religião do Deus Vivo;
Verdadeira Casa de Jesus e tantos outros nomes que... Deixa pra lá...
— A irresponsabilidade desses líderes religiosos é grande. Eles usam o
controle mental para escravizar os fiéis desavisados e até ignorantes que se
entregam aos alucinados gritos de perdão e agradecimento a Deus. Eu já
assisti. As pessoas ficam fora de si! É um delírio incontrolável e contagiante!
— Sim, Sérgio. A isso, dá-se o nome de Hipnose Coletiva. De uma
maneira inconsciente, os fiéis são dominados e aceitam as sugestões do líder
ou representante religioso que os hipnotizam, ensinando-os a reverenciar
Deus, a pedir perdão a Deus e suplicar a Deus de uma forma capitalista. E o
que é capitalismo se não um sistema econômico de produções visando a
lucros financeiros? O que significa pagar seu dízimo, deixar lá na igreja o seu
dinheiro, suas jóias ou algum outro bem material para ser atendido por Deus.
Esses templos ou igrejas têm o líder evangélico que injeta na mente dos fiéis
um Deus capital, um Deus executivo, legislativo e judiciário! Um Deus que
condena ao sofrimento aquele que não dá sua última moeda. Se você não
pagar, não terá crédito com Ele. E o pastor... Bem... O pastor é o emissário do
Senhor que recolhe e endereça as arrecadações. Como psiquiatra eu não
deveria falar isso, mas... Como homem, eu vejo alguns pastores como uma
espécie de “Psicólogo Subversivo” que propaga os milagres daqueles que
deram dinheiro e se salvaram! E o que faz um marketing induzindo os fiéis a
uma espécie de comportamento de consumo religioso sem controle,
irracional, com fé totalmente cega e, acima de tudo, fazem-nos adotar essa ou
aquela prática ou postura preconceituosa. As atitudes de amor e solidariedade
só existem para com aqueles da mesma linha religiosa, considerando como
verdadeiros demônios as outras criaturas de Deus por se inclinarem a religiões
diferentes como a umbanda, o catolicismo, o espiritismo, o islamismo, o
budismo, o judaísmo, o hinduísmo e outras.
— Eu não entendo por que tantas pessoas se deixam dominar pela fé
cega, por outros que as mantêm sob um domínio mental, controlam suas
opiniões e suas vidas.
— Lembre-se de que antes de falarmos de pessoas, estamos falando de
espíritos com diversas experiências terrenas anteriores a essa. Crendo em
muitas moradas na Casa do Pai, acredito na existência de regiões espirituais
inferiores por onde passaram e se encontram espíritos com diversos vícios ou
práticas inadequadas e perversidades das mais diversas, apegados às paixões
vis e promíscuas, inclinados às discórdias e irritações, anomalias sinistras no
que dizem respeito ao desregramento sexual por práticas compulsivas ou
animalescas, atos ou pensamentos repletos de energias com desejos maldosos
e negativos... Por Deus ser um Pai bom e justo, Ele não confinaria quem quer
que seja ao inferno. Então nas muitas moradas há alguma reservada ao
processo de aprimoramento para a aprendizagem, o crescimento, a elevação e
a libertação de Seus filhos que se inclinaram a um comportamento inferior.
Vamos pensar e filosofar nas palavras de Jesus quando disse que há muitas
moradas na Casa do Pai, Ele disse morada e não lugar de eterno
confinamento. Quem está em uma morada pode se mudar dela, certo?
— Concordo. Nossa! Que explicação ótima sobre podermos nos mudar
de uma morada. Mas isso não responde a minha curiosidade - argumentou
Sérgio.
— Calma... - pediu o médico sorrindo e logo continuou: Depois de tantas
práticas contra as Leis de Deus, milhões de espíritos desencarnados são
atraídos por suas condições mentais a terríveis estados de perturbação ou
Umbral, experimentando verdadeiro inferno na consciência. Lembrando que
o Universo é a Casa do Pai, esses irmãos se encontram em alguma morada
dele. Para esses espíritos, é tão sofrida e pavorosa a experiência que essa
parece eterna. Quando o espírito se recusa, nega-se a harmonizar o que
desarmonizou, experimentará a reação de suas ações, sofrerá o mesmo efeito
do mal que causou, pois o mal só se corrige com o mal.
Deus não se esquece das grandes regiões expiatórias e trevosas na
espiritualidade. O benefício da reencarnação chega inclusive ao espírito
rebelde, mas desgastado pela angústia vivida nessas regiões de sofrimento.
Então ele reencarna para minimizar suas tendências viciosas e maldosas.
Reencarnado ele tem a benção do esquecimento de vidas passadas no seu
consciente, mas de seu inconsciente não se apagam os erros cometidos, suas
tendências ao mal nem a sua aflição e dor nas faixas vibratórias muito
inferiores quando desencarnado. Por isso cada indivíduo tem suas lutas e
conflitos internos, seus distúrbios ou desequilíbrios ou síndromes. Veja... Eu
acredito na existência de igrejas protestantes sérias e capazes de ensinar a
prática da solidariedade e do amor Cristão que se tornou algo secundário para
outras igrejas evangélicas. Existem pastores protestantes, assim como padres,
dirigentes espíritas, pai-de-santo ou mãe-de-santo em centro de umbanda,
entre outros líderes, muito honestos! Como também desonestos! Isso
independe da religião, mas sim da dignidade, da honestidade, da elevação da
criatura humana.
Até onde me levaram as pesquisas, a maioria das igrejas evangélicas é
liderada por qualquer um, por isso se tornam um capitalismo, uma forma de
vender algo e lucrar com isso. No caso, eles vendem religião, promessas de
algo melhor em sua vida, vendem perdão. Analisando pelo lado clínico,
pessoas desse tipo como líder religioso, têm a tendência ou postura do
distúrbio anti-social e são capazes de mentir, forjar, trapacear, representar de
todas as formas possíveis, sem arrependimento e, cinicamente, usando o
poder de persuasão. Dará o máximo de proveito a seu favor. Dentro da
proposta religiosa imposta pelo protestantismo, alguns líderes evangélicos
encontram a excelente oportunidade de colocar em prática compulsiva a sua
personalidade anti-social, pois agem como verdadeiros vigaristas ao
descobrirem um meio de dominarem os pensamentos e as idéias dos
seguidores. E é por meio dos cantos de hinos e gritaria frenética que se obtém
a Hipnose Coletiva para inebriá-los e conseguir com que façam doações e
mais doações, fé irracional e tudo mais o que sabemos.
Todos se esquecem dos ensinamentos do Mestre Jesus sobre não ser
como os hipócritas que se comprazem em orar em pé nas sinagogas e nas ruas
para serem vistos pelos homens... E, quando orando, não usar de vãs
repetições como os gentios que pensam que por muito falarem serão ouvidos.
Portanto, quando orar ao Pai que está no Céu, entra para o teu aposento e
feche a tua porta. Ora a teu Pai que está em oculto, e teu Pai que te vê
secretamente te recompensará. Lembrando que as sinagogas correspondem às
igrejas e templos religiosos.
Quanto aos fiéis, o que os leva a crer em colocações sem raciocinar e na
realização de verdadeiros espetáculos para gritar sobre sua fé... Bem...
Podemos tomar como exemplo que alguns deles são espíritos que
permaneceram em sofrimento nos baixos círculos vibratórios da
espiritualidade pelas suas práticas delituosas, perversas ou tendências viciosas.
Agora, encarnados e mesmo com o abençoado esquecimento do passado, eles
temem essas regiões expiatórias trevosas nas quais os espíritos inferiores,
escravizados, perturbados, desesperados padecem em extremo desespero. O
medo inconsciente de retornarem para essas moradas espirituais aflitivas é tão
intenso que eles mantêm um comportamento de medo a Deus, tomam uma
postura de crer no céu e no inferno, colocando-se aos berros para rogar, tal
como faziam quando desencarnados. Alguns deles adotam essa facção
religiosa, porém não mudam o hábito ruim, continuam com um
comportamento moral indigno, são delituosos nos pensamentos, nas palavras
e ações, mas acreditam que pedindo perdão, entregando o dízimo e pagando
pelas orações, oferecendo dinheiro para que seu nome seja escrito no Reino
de Deus... Os levarão para o céu.
Como profissional nessa área, você sabe que existe a pessoa que passa por
um período de tristeza, algo diferente da depressão, um estado mais intenso e
persistente do que a tristeza.
Muitos pensam que Deus é um prestador de serviço que precisa ser pago
a fim de nos dar o que queremos. Deus é o Criador de todas as coisas! Tudo é
Dele! O que Deus quer é a nossa responsabilidade de amá-lo sobre todas as
coisas e ao próximo como a nós mesmos. Então vemos algumas pessoas
desiludidas porque não foram atendidas. Elas querem fugir das
responsabilidades, ficam tristes, desesperadas e vão a um médico mal
informado que chega à conclusão de que estão com depressão. Você tem
reparado como é grande o número de pessoas, atualmente, que dizem ter
depressão? Existem vários graus ou estágios de depressão.
A depressão não é o fim do mundo! A maioria das pessoas já
experimentou um estado depressivo e nem sabe. Porém existe a depressão
mais acentuada, em que o indivíduo negligencia suas responsabilidades e
precisa de auxílio profissional. Muitos acontecimentos na vida podem prostrar
uma pessoa à depressão, mas ela pode reagir e buscar em diversas atividades o
prazer de viver.
— O senhor disse que a grande maioria dos evangélicos é preconceituosa,
por quê?
— Se forem convidados, os evangélicos vão às igrejas católicas, aos
centros espíritas, aos centros de umbanda, ao templo budista?... Não! Eu fui
convidado para um casamento em uma praia e a cerimônia foi umbandista e
eu fui! Achei interessante, bonito... Voltei de lá do mesmo jeito que fui, só que
com alguns conhecimentos sobre algo diferente. Já fui a incontáveis
casamentos católicos e assisti a várias missas. E em que isso me afetou
negativamente? Em nada! Reparou que grande parte dos protestantes ou
evangélicos nunca reza o Pai Nosso? E sabe por quê? Por causa dos
ensinamentos que a prece pronunciada por Jesus traz para a reflexão. Um
desses ensinamentos é “Perdoai as nossas dívidas assim como perdoamos
àqueles que nos tenham ofendido”. Aos evangélicos não é ensinado o perdão
ao próximo, eles só perdoam aos que se converteram à sua facção religiosa, o
resto vai para o inferno. Isso tudo é ou não é preconceito? Empresários,
líderes de equipes, diretores, presidentes, gerentes, administradores,
engenheiros, arquitetos ou outros que são responsáveis por uma equipe de
profissionais e são evangélicos, procuram contratar funcionários evangélicos e,
quando descobrem que um funcionário é umbandista, espírita, católico etc.,
procuram demiti-lo. Esses religiosos perderam o lado humano da vida. Só eles
são puros e estão salvos no Reino de Deus, o resto vai para o inferno.
Se acreditarmos na existência do demônio ou do satanás com o poder
grandioso que os evangélicos lhes dão, então teremos dois deuses: um bom e
outro mau. Só existe um Deus, que é a Inteligência Suprema e Criador de
todas as coisas. E já que Deus criou tudo e é dono de tudo, o inferno que
muitos acreditam também pertence a Ele! O inferno pertence a Deus!
Os evangélicos, sem raciocinar e se deixando induzir na fé cega, devem
tomar cuidado com o insano desejo de ir para o Reino de Deus e até pagar
por isso, pois o inferno também faz parte do Reino de Deus.
Normalmente eles são criaturas desrespeitosas ao perturbarem a paz
pública com a gritaria tresloucada em suas igrejas, cantos e rogativas
intermináveis a Deus perturbando o sossego alheio com tanta e tamanha
barulhada. Isso é o resultado do inconsciente temer o inferno que vivenciou
no estado de perturbação e os prende num primitivismo mental.
Mas eu gosto de ressaltar uma coisa: muitas dessas formas de vida e
conduta se enquadram também a muitos espíritas oriundos de regiões
sombrias onde há gritos e ranger de dentes. Um grande número de espíritas se
acreditam com todo o conhecimento filosófico e científico da Doutrina
Espírita, mas são incapazes de respeitar a fase de crescimento individual das
pessoas espíritas e não-espíritas, exigindo-lhes muito - riu, e depois admitiu:
— Como eu estou fazendo agora!
Veja, não importa a religião ou filosofia, são pessoas cujo comportamento
humano apresenta quem eles são. A opção religiosa traz a manifestação do
conteúdo inconsciente para as revelações de expressões exteriores exibindo,
por intermédio do comportamento, a sua verdadeira personalidade, o seu Eu,
sua alma.(pgs 410 e 411)
1 Comments
Comments
  1. Encantada e apaixonada por este romance incrível! Estou na página 423...e...Não consigo parar de ler...quero logo saber o desfecho desta linda obra...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top