Quando é preciso partir - Irmã Vitória e Berenice Germano

Quando é preciso partir - Irmã Vitória e Berenice Germano

6 10 99
Quando é preciso partir - Irmã Vitória e Berenice Germano 10 6 99
Resumo: O romance se inicia na Rússia, em 1905. O jovem idealista Vladimir é morto ao participar de uma manifestação pública na qual a população reinvindicava maior participação no governo do Czar Nicolau II. Antes de desencarnar, Vladimir pede ao amigo Nicolai que este cuide de sua esposa Beatriz e de seu pequeno filho Ivan. Nicolai reside com a mãe Anna e ambos resolvem acolher Beatriz e Ivan. Com o tempo, Beatriz e Nicolai se apaixonam e se casam. A família vive em um clima de grande harmonia. Vladimir reencarna como o segundo filho do casal.
Os conflitos na Rússia se intensificam, até que Lênin toma o poder e, como Nicolai é soldado de confiança do Czar, a família precisou sair do país e escolheram o Brasil como destino. Fizeram longa viagem de navio e, a despeito das dificuldade com o clima e o idioma, logo se apaixonaram pela nova pátria. Nicolai e Ivan conseguiram emprego e Anna e Beatriz começaram a costurar para fora. Essas costuras tiveram tanto sucesso, que elas acabaram criando sua própria fábrica de confeccção de roupas - o que trouxe uma boa situação financeira para a família, formada então por Anna, Beatriz, Nicolai e os filhos Ivan, Miguel, Vladimir e a pequena Sophia. Alguns anos depois, Anna e Nicolai desencarnam e Beatriz se vê sozinha novamente.
Vladimir, que manteve seu espírito revolucionário, alista-se para defender São Paulo na Revolução Constitucionalista de 32. É convocado para combater na cidade de Cruzeiro, onde conhece a jovem enfermeira Geni e um amor de outras eras reascende nos corações desses jovens.
O que ninguém esperava é que seu irmão Miguel também se apaixonasse pela garota, passando a sentir muito ódio de Vladimir, abrindo assim as portas para grave processo obsessivo.
A família que, apesar de muitas lutas, sempre viveu em harmonia, começa a se desestruturar devido a sérios débitos do passado, mas como a Providência Divina jamais desampara, Anna e Nicolai estão a olhar por todos seus entes queridos, que através da dor entram em contato com a Doutrina Espírita e passam a ser adeptos da grande revelação.

Ficha Técnica:
Assunto: Romance mediúnico
Páginas: 376
Formato: 16x23cm
Editora VivaLuz

Comentário:
Quando eu peguei este livro para ler, pensei: "Ih não sei se vou gostar" já que a trama seria passada na Rússia. Mas já no primeiro capítulo me vi totalmente envolvida com esta linda história de lutas e reencontros. Quando é preciso partir mostra, em forma de romance, diversos temas espíritas, em especial as obsessões complexas decorrentes de nossos débitos do passado. E ainda retrata a Revolução de 32, com ênfase na minha cidade natal Cruzeiro, onde Vladimir conhece seu grande amor, Geni. Muito emocionante!

Trechos:
No trecho abaixo, vemos como que a manutenção de um padrao vibratório mais elevado é um poderoso escudo contra as investidas das trevas:
Yuri, atento ao diálogo, alegrava-se com o sofrimento de Vladimir e esperava qualquer queda em seu padrão vibratório para poder influenciá-lo. Apesar de toda a tristeza, o jovem continuava apoiado em orações para não vacilar.  Todo o aprendizado que tivera nos últimos meses com a namorada estava sendo de muita valia. Ele sabia da necessidade de se manter vigilante e alerta, pois também corria o risco de ser presa dos obsessores que estavam agindo na família.
1 Comments
Comments
  1. Este livro é lindo, uma história envolvente de uma mulher determinada a salvar sua família. Sem contar o conteúdo histórico muito rico, que é o que mais gosto nos livros da editora Vivaluz. Recomendo!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top