Alguém tem que perdoar - Ismael Biaggio

Alguém tem que perdoar - Ismael Biaggio

6 10 99
Alguém tem que perdoar - Ismael Biaggio 10 6 99
Sinopse:
Eu via um homem sentado num banco da praça. Todos os dias… Completamente calado. Um silêncio a esconder uma história. Um drama muito maior do que eu poderia supor. Mais intenso do que eu poderia imaginar. Vidas e mortes… Anos e décadas… Famílias e paixões… Segredos e traições… Tudo costurado com a linha do resgate que, através do perdão, excede o tempo e o espaço e pode aproximar, novamente, corações afastados pela dor. Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto Adolf Hitler lutava para conquistar o mundo, os judeus eram perseguidos e massacrados nos campos de concentração. Na Europa, que mergulhava num vórtice de sofrimento e morte, um jovem padre vai à Itália para ajudar os soldados em combate e, em meio a tão violenta batalha, encontra o amor de sua vida...
Resumo:  Ao voltar do trabalho, Inocêncio sempre se deparava com um homem idoso sentado num banco da praça. Um dia, resolveu se apresentar e perguntar se aquele homem precisava de algo. Alfredo era o seu nome e uma grande amizade surgiu entre eles. Alfredo contou que era o único herdeiro de uma grande propriedade abandonada e resolveu narrar a Inocêncio e a sua esposa Julieta sua história de vida.
Alfredo fôra padre, por imposição de seu pai Ernesto, e durante a Segunda Guerra Mundial foi para a Itália a fim de auxiliar os soldados, mas acabou se apaixonando pela jovem Cláudia. Optou por deixar a batina, mas acabou sendo deserdado por seu pai. Casou-se com Cláudia na Itália, se formou em psicologia e passou a atender em um consultório particular. Através da paciente Clotilde, soube que seu irmão Valério também havia se apaixonado por uma italiana e deixado um filhinho naquele país. Com a ajuda da irmã Andréia, Alfredo leva Clotilde e o pequeno Rafael para o Brasil, juntamente com sua família, acreditando que a chegada dos netos tocaria o coração endurecido de seu velho pai. Mas não foi isto que aconteceu e a morte de Rafael, encomendada pelo próprio avô, causa um grande trauma em toda a família, levando Clotilde à loucura e Ernesto ao um desencarne por enfarte. Ernesto passa a obsediar Clotilde que acaba sendo internada em um hospital psiquiátrico.

No plano espiritual, a família é assistida pelo Benfeitor Cornélio e através de desdobramentos Clotilde se encontra com Ernesto a fim de se perdoarem mutuamente.

Todo o sofrimento dessa família será explicado ao leitor através de uma encarnação anterior, quando Clotilde foi uma rica fazendeira de nome Lucrécia que mandou matar Ernesto (Venâncio) e toda a sua família pelo fato dele não corresponder a sua paixão.

O que Inocêncio e Julieta não imaginavam é que eles também estavam envolvidos na trama narrada pelo velho Alfredo!

Ficha Técnica: 
Autor: Ismael Biaggio
Gênero: Romance
Páginas: 288
Editora: IDE

Comentário:
Eu gostei muito deste livro. Apesar da história aparentemente triste, a narrativa é leve e descomplicada e repleta de explicações sobre os motivos que levaram os personagens a passar por determinadas provações.  O livro é dividido em 4 partes. As duas primeiras tratam, principalmente, dos relatos de Alfredo ao casal Inocêncio e Julieta; já as duas últimas são as vivências de Inocêncio na espiritualidade. É um ótimo romance doutrinário, pois aborda diversos temas relevantes do espiritismo, tais como a importância de se realizar o culto do Evangelho no lar, de se praticar o perdão e o desapego aos bens materiais; fornece detalhes sobre desdobramento,  sessões de desobsessão, psicometria e reencarnação. Um momento que gostaria de destacar é quando Inocêncio, já desencarnado, vai com o grupo até o plano espiritual do Japão para estudar sobre a catástrofe que houve em Hiroshima e Nagasaki e recebe revelações muito interessantes.

Trecho:
O coordenador fez uma pausa emocionada para, logo em seguida, concluir:
- Nas projeções a que irão assistir, poderão avaliar melhor a grande responsabilidade do nosso comprometimento com a paz.
E assim falando, pediu para que nos dirigíssemos a uma sala contígua, de vastas proporções, com acomodações bem dispostas, a exemplo das salas de projeções cinematográficas da Terra. (..) Ao iniciar a projeção, a impressão que tive era de que saíra daquele ambiente fechado, passando a integrar a paisagem lá de fora. (...) Nesse momento os radares japoneses detectaram alguma coisa vinda do alto, porque exatamente às 08h12min da manhã daquele dia fatídico, 06 de agosto de 1945, o avião norte americano B-29 Enola Gay, despejou a bomba atômica Little Boy sobre Hiroshima. (...) Assim que a bomba foi lançada sobre a cidade, e durante o tempo que mediou até a sua explosão, soou o alerta no plano espiritual. A providência objetivava mobilizar os espíritos para a urgência da tarefa de socorro aos que seriam vitimados pela desencarnação imediata, e também para os que sofreriam mutilações irreversíveis, provocadas pelas queimaduras da radiação. Parte 4, cap 1

Book Trailer:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top