De Frente com a Verdade - Mônica de Castro e Leonel

De Frente com a Verdade - Mônica de Castro e Leonel

6 10 99
De Frente com a Verdade - Mônica de Castro e Leonel 10 6 99
Lançado em 2010, este romance ditado pelo espírito Leonel à médium Mônica de Castro conta a história de Marcela e Luciana, duas jovens que se apaixonam no final dos anos 60 e decidem deixar a cidade natal para viverem juntas no Rio de Janeiro, enfrentando suas famílias e todo o preconceito desta época.

Após 8 anos juntas, já formadas e trabalhando, Luciana decide deixar Marcela, alegando que precisava de liberdade. Na verdade achava a companheira muito frágil e insegura e queria aproveitar mais a vida. Marcela entra em desespero e tenta se matar, mas Maísa - melhor amiga de Luciana e dentista como ela - chega a tempo de chamar socorro. No hospital, Marcela é cuidada pelo Dr. Flávio e nasce uma paixão entre os dois.

Marcela fica confusa com seus sentimentos, já que até ali só amara Luciana. Será que ela não era mais lésbica? - pensava. Mesmo assim resolveu se entregar ao amor de Flávio, mas não imaginava que teria que enfrentar a sogra Dolores, uma socialite fútil que queria ter uma nora da alta sociedade e que lhe fizesse todas as vontades.

Já Luciana segue sua vida, até que contrata Cecília para ser secretária em seu consultório odontológico e acabam se envolvendo. Cecília nada mais é do que uma oportunista e a única coisa que deseja de Luciana é o seu dinheiro.

No transcorrer da trama serão reveladas  encarnações anteriores das duas moças, que explicarão parte dos acontecimentos presentes. Luciana, por exemplo, como homem, abusou muito das mulheres em vidas passadas e retornou mulher nesta para aprender a valorizar o sexo feminino, porém sem deixar de sentir atração por mulheres.

O maior dilema de Marcela será manter o romance com Luciana em segredo, pois acredita que se Flávio souber irá deixá-la também.

Apesar de Marcela se envolver com um rapaz após ser deixada por Luciana, não tem nada de preconceituoso ou careta no livro. O autor trata a homossexualidade com naturalidade, mostrando que o amor independe da orientação sexual.

A história é envolvente, repleta de ação, com alguns conceitos doutrinários e temática comportamental. Possui 352 páginas e fonte grande e confortável.

Trecho:
Você gosta de mulheres porque sempre gostou, isso está impregnado em sua alma. Continua com essa preferência porque isso não influi nos seus projetos de crescimento. Tanto faz que você goste de fazer sexo com homens ou mulheres. Sua necessidade é de valorização dos ensinamentos morais, de amor e respeito ao seu semelhante. 
— E eu não poderia conseguir isso reencarnando como homem? 
— Se você tivesse vindo homem, estaria usando as mulheres, talvez não da mesma
forma, porque os tempos hoje são outros, mas continuaria não tendo respeito por elas, julgando-as seres inferiores e servis. Talvez você se casasse, e sua esposa seria praticamente uma escrava, sem vontade ou direitos. Se tivesse filhas, não permitiria que elas estudassem nem que vivessem suas próprias vidas, mas as criaria para o lar e para servir a seus maridos. Se possuísse empregadas a seu serviço, iria discriminá-las e tratá-las como subalternas, pagando-lhes salários menores e dando-lhes cargos inferiores aos dos homens. Foi para isso que você veio mulher: para ter essa compreensão de que homens e mulheres são iguais em importância no mundo, e o papel que cabe à mulher na sociedade não a torna incapaz de exercer as suas próprias escolhas nem de dar vazão à inteligência e à liberdade de seguir o destino que eleger. Uma mulher pode ser carinhosa e mãe, ao mesmo tempo em que está apta a estudar e seguir a carreira que quiser.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top