Paixões que ferem - Américo Simões e Clara

Paixões que ferem - Américo Simões e Clara

6 10 99
Paixões que ferem - Américo Simões e Clara 10 6 99
Este é o primeiro volume da Trilogia "Paixões", ditado pelo espírito Clara, ao médium Américo Simões e lançado em 2014 pela Editora Bárbara.

O romance se passa no século XVIII, entre os anos de 1793 a 1810, e conta a história de duas famílias italianas que resolvem tentar a sorte como imigrantes no Brasil.

Gianni e Gianluza Nunnari e os filhos Maurizio, Umbelina e Liberata, bem como Mario e Margarita Corridoni e o filho Roberto, se conhecem durante a viagem de navio, que duraria cerca de 2 meses.

Gianluza não queria sair de sua Itália, mas nesta época as mulheres eram obrigadas a acatar as decisões dos maridos. No caminho, um trágico imprevisto. Gianni adoece e desencarna, deixando Gianluza e as crianças totalmente desamparadas.

Margarita e Mario se compadecem da situação da recém viúva e oferecem abrigo na fazenda que compraram no Brasil, até que ela consiga dinheiro suficiente para retornar para a Itália. Mas o tempo vai passando, as crianças vão crescendo e nada da família Nunnari conseguir voltar. E, para piorar, uma paixão avassaladora nasce entre Mario Corridoni e Gianluza Nunnari.

O casal luta para não ceder, visto que Margarita e Gianluza se tornaram melhores amigas e cúmplices, e uma traição iria trazer muito sofrimento a todos os envolvidos. Porém, como diz o ditado, " a carne é fraca" e Mário e Gianluza se tornam amantes, até o dia que o pequeno Roberto os flagra na cama, causando imensa revolta nele e em sua mãe.

Mário, mesmo assim, mantém os Nunnari em sua fazenda e continua se encontrando com Gianluza. Muitos outros imprevistos ainda estarão por vir, unindo e desunindo as duas famílias.

O romance tem como foco as paixões que ferem, mas que também são as responsáveis pela perpetuação da espécie. Vários casais se formam e se separam durante a trama, mostrando que o universo conspira para que tudo aconteça como tem que acontecer. Eu gosto muito de filmes e livros de época, pois acho interessante saber como era a vida de nossos antepassados, seus costumes, crenças e conceitos.

O livro possui 448 páginas, com boa arte gráfica, letra confortável e é de fácil leitura. A trama é bem articulada e prende a atenção do começo a fim. Apenas estranhei o fato de ter poucas citações de conteúdo espiritualista. É um romance sem a presença de mentores e com raras passagens falando da contra-parte astral. Entretanto, a história em si já vai fazer com que o leitor pense sobre Lei da causa e Efeito, Reforma ìntima, reencarnação, dentro outros temas espíritas.

Trecho:
Gerações e gerações existiram para que você chegasse até aqui. Foi necessário que a paixão, o amor e o desejo carnal unissem casais e mais casais para que voc~e existisse hoje e este é um fato incontestável.
Viemos de pessoas que amaram, sofreram por perdas, mas que pouco lembramos, sequer lembramos que existiram. Pessoas sem as quais não estaríamos aqui.
A história que você vai ler a seguir revela não só o lado oculto das paixões, mas a eternidade das paixões. Contaremos, a partir de 1793, os últimos anos do século dezoito, próximo à chegada de um novo século. Uma época em que a vida era muito diferente do que a que temos hoje no novo milênio. Uma vida mais simples, sem os benefícios da tecnologia, mas também regada pelos aditivos mais poderosos de todo o planeta: o amor e a paixão que conduzem a nossa existência, tanto para o bem quanto para o mal.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top