Natureza, onde reinam os Orixás - Vovó Benta e Leni W. Saviscki

Natureza, onde reinam os Orixás - Vovó Benta e Leni W. Saviscki

6 10 99
Natureza, onde reinam os Orixás - Vovó Benta e Leni W. Saviscki 10 6 99
Resumo: Assim como na obra Enquanto Dormes, a simpática preta-velhaVovó Benta narra experiências do jovem médium Juliano em um terreiro de Umbanda e em suas viagens astrais. Em desdobramento, Juliano e seus amigos irão conhecer os sítios vibratórios dos Orixás Oxalá, Nanã, Yansã, Yemanjá, Ogum, Oxossi, Omulu, Xangô, Oxum e o trabalho dos elementais como auxiliares dos Guias e dos Orixás. Entre uma viagem e outra do grupo, Vovó Benta traz algumas histórias ocorridas nas giras do terreiro, como a da médium Amanda que por ser perdulária acabou perdendo o marido. Acreditando-se vítima de alguma "macumba" foi se consultar com Dona Maria Padilha e descobriu que o problema estava nela e não em algum "trabalho feito" e que era preciso mudar hábitos e atitudes.
E para finalizar, Juju e seus amigos irão visitar a cidade espiritual Aruanda.


Ficha Técnica:
Espírito: Vovó Benta
Médium: Leni W. Saviscki
Páginas: 144
Categoria: Umbanda

Comentário:
O que me agrada muito nos livros ditados pela Vovó Benta é a sua linguagem informal repleta de informações sobre os bastidores espirituais da Umbanda. Ao contrário do Kardecismo, não é comum encontrarmos obras romanceadas de Umbanda contando como vivem e como agem os Guias e Orixás, tampouco como se desenvolvem os trabalhos num terreiro. Vovó Benta sempre diz que é muito importante estudar e compreender os rituais e as orientações passadas pelas entidades. A Umbanda tem fundamentos e é preciso interpretá-los para um maior aproveitamento.

Trecho:
Caboclos Xamãs se misturavam a médicos, curadores e benzedores, tanto de encarnados em desdobramento sonambúlico como de desencarnados que ali estavam num trabalho de cura com o fitoplasma extraído da natureza; trabalho que era facilitado e ajudado pelos elementais que, num movimentar constante e feliz, retiravam de seus elementos as essências que seriam aproveitadas pelas entidades de cura. (pág 54)




0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
BLOG DO LIVRO ESPÍRITA © 2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top